Cookies no site da HRS

Na HRS, nós queremos oferecer a você o melhor serviço possível. Portanto, nós armazenamos informações sobre sua visita nos chamados cookies. Ao usar este site, você concorda com o uso de cookies. Para obter informações detalhadas sobre o uso dos cookies neste site, clique em “Mais Informações“, onde você também pode desativar os cookies e ajustar suas configurações de navegador de modo correspondente.

Mais Informações

O desafio de reduzir custos

Os padrões para redução de custos colocam o gestor de viagens sob pressão: como eles podem criar um ótimo programa de hotéis e permanecer dentro dos limites determinados pelo preço?

O desafio de reduzir custos
 

A redução das despesas diretas e indiretas é um dos principais desafios do gerenciamento de viagens. Há uma grande pressão para permanecer dentro dos limites dos valores estabelecidos para as viagens corporativas. A equipe de gestão de viagens deve estar atenta aos padrões de economia de custos em todas as situações possíveis. Ao mesmo tempo, os viajantes esperam encontrar hotéis adequados em suas viagens de negócios. Fato que complica ainda mais as decisões que terão que ser tomadas por estes profissionais.
 

Oferecimento de um programa global de hotéis

Para um programa de hotéis de baixo custo, manter uma ampla oferta dentro do limite de preços é um fator fundamental. Na prática, a oferta acaba sendo de uma quantidade limitada hotéis com valores elevados, principalmente em destinos com alta procura. Esta situação, entre outros motivos, ocorre pelo fato de que muitas empresas concentram suas reservas em algumas grandes redes hoteleiras, que representam uma pequena parte do mercado hoteleiro na maior parte das regiões - e acabam pagando um alto preço. Além disso, estes gestores geralmente não possuem dados comparativos para uma análise real das tarifas apresentadas e não têm conhecimento do mercado local para obter os melhores resultados em suas negociações.
 

Hotéis independentes: frequentemente o potencial máximo não é utilizado

As redes de hotéis normalmente possuem altos custos indiretos em comparação com hotéis independents e, por isso, as diárias são mais elevadas. Como consequência, isso também significa que há uma margem menor para negociação e redução de custos. Também é difícil estabelecer contato com os hotéis independentes: o mercado é extremamente fragmentado e o processo de negociações com estes estabelecimentos demoram muito mais tempo. Mas vale lembrar que a quantidade de hotéis independentes é predominante em quase todo o mundo. O setor dos hotéis independentes também é sub representado nos sistemas de distribuição global (GDS, Global Distribution Systems) em várias regiões. Por conta da falta de recursos e pela facilidade, as empresas muitas vezes recorrem às redes hoteleiras. Dessa forma, na maioria das vezes, o potencial para economia e as melhores localizações dos hotéis independentes acabam ficando inexplorados.

Falta de recursos para buscar os fornecedores adequados

Para uma análise estruturada do comportamento de viagem atual e negociações sistemáticas com hotéis, o que falta para a maioria das empresas é tempo. Além disso, a falta de dados comparativos enfraquece a possibilidade de negociação com os parceiros hoteleiros, fazendo com que os possíveis potenciais de economia permanecem intactos.

A solução: a HRS oferece suporte abrangente

HRS - Painel de economias corporativas

Com o abrangente portfólio de hotéis da HRS, dados comparativos detalhados, bem como consultoria e know-how do mercado local, você encontra o programa de hotéis perfeito em seus destinos de negócios relevantes. As possibilidades de economia atuais e futuras são mostradas em análises detalhadas. Ao mesmo tempo, você lucra com as melhores condições: com o Intelligent Sourcing, a HRS oferece suporte desde a estratégia para avaliar as negociações de tarifa até a auditoria de resultados, revelando enormes possibilidades de economia para você. Você tem total transparência da economia de custos realizada em todos os momentos.